telescópio Lovell Ondas de rádios misteriosa são enviadas à terra a cada 157 dias

Ondas de rádios misteriosa são enviadas à terra a cada 157 dias

Sinais de rádio surgem fora de nosso planeta, conhecidas como “Fast Radio Burst”, estudos apontam que elas vem de uma galáxia distante 3 bilhões anos-luz da terra

(Via CBS News) – Os astrônomos e cientistas da Universidade de Manchester levaram a descoberta ao publico no último fim de semana com algumas atualizações ao decorrer dos últimos dias.

A explosão – conhecida como FRB (Fast radio burst) – batizada de; “FRB 121102” parece estar transmitindo sinais que chegam à Terra em um padrão repetido de 157 dias, disseram eles.

os especialistas coletaram dados após um ano de trabalhado ultilizando o telescópio Lovell, somente após este período com um ciclo de 32 sinais enviados. A partir disso, a equipe conseguiu descrever um padrão que consiste em rajadas frequentes por um período de 90 dias, seguido de uma pausa de cerca de 67 dias. Então todo o ciclo recomeça.

onda de rádio
Ilustração mostrando espectros de luz ou ondas de rádio vindo de algum astro distante direcionado à Terra. Imagem: Divulgação

Outro fato interessante em relação a esta descoberta é que, esta é a segunda descoberta com sinais de rádios repetitivos e com o mesmo padrão.

Sendo a primeira descoberta de algo parecido foi descoberto em fevereiro, vindo de um objeto a 500 milhões de anos-luz de distância. Este, transmitia sinais a cada 16 dias.

Os astrônomos só foram conhecer este tipo evento cósmico a partir de 2007 e, desde então, vimos dezenas dessas explosões de energia aparentemente aleatórias. Recentemente, equipes de todo o mundo começaram a detectar FRBs recorrentes e que apresentam um certo padrão.

O primeiro FRB registrado ocorreu em 2001, mas os dados não foram analisados até 2007. Os cientistas ficaram impressionado com os FRBs desde então.

O que são a (FRB) explosão rápidas de ondas de rádio?

Onda de rádios vindo do cosmos tem duração curta, algumas com apenas um milissegundo. Astrônomos conseguiram rastrear de onde algumas surgiram, geralmente vem de alguma galáxia distante. Enquanto que outras os astrônomos não conseguem, no momento, determinar a causa e a origem.

Continua após publicidade.

Alguns se perguntam se o FRB pode ser uma mensagem de alienígenas – e sem mais pesquisas, não há como afirmar.

Centenas foram descobertas, mas apenas algumas já se repetiram – e parecem vir de locais em todo o universo.

É óbvio que enquanto o mundo cria mais telescópios na caças desses sinais iremos obter mais dados. A China inclusive, construiu um dos maiores receptores na caça desses sinais.

Embora a causa do padrão de repetição seja desconhecida, os pesquisadores disseram que o FRB pode estar orbitando um objeto parecido com um buraco negro, exibindo seu sinal em um ponto específico do período orbital.

De acordo com outro estudo que analisa os mesmos dados, o padrão pode vir de um sistema estelar binário contendo uma estrela massiva e uma estrela densa de nêutrons.

A estrela de nêutrons pode estar emitindo as explosões, que às vezes são escondidas pelos ventos causados por seu amigo massivo.

Ilustração de como é uma estrela de Neutrôns

“Explosões rápidas de rádio são extremamente brilhantes, dada sua curta duração e origem a grandes distâncias, e não identificamos uma possível fonte natural com confiança”, disse Avi Loeb, teórico do Centro de Astrofísica Harvard-Smithsonian, em comunicado à imprensa. em 2017.

Existe uma fonte que a maioria dos cientistas geralmente descartou: alienígenas. Mas descobrir FRBs mais repetidos pode ser a única maneira de saber com certeza.

Portanto, mais pesquisas serão necessárias para confirmar o padrão da FRB 121102. Se os pesquisadores estiverem certos, um novo período de atividade deveria ter começado em 2 de junho.

Fontes

Flávio Romeu Picinini Junior
Flávio Romeu Picinini Junior

Piloto de avião, cursando Administração de Empresas. Peguei a paixão pela leitura e resolvi colocar em formas de artigos. Gosto de pesquisar, entrar a fundo em qualquer tipo de tema e entender as questões e fatos do dia a dia.

Compartilhe

Inscreva-se para ganhar até 65% de descontos em produtos da Amazon