Ministro da Defesa iraniano, General Amir Hatami foi bem critico ao dizer que; "Não iremos tolerar nenhum problema com os nossos navios tanques, acaso os EUA ameaçar

Irã manda recado aos EUA: “não iremos tolerar nenhuma ameaça aos navios tanques rumo a Venezuela”

Cinco navios tanques com petróleo do Irã estão à caminho da Venezuela enquanto os EUA aumentam sua força naval no mar do Caribe.

(ISNA e FAR News – TEHRAN) Segundo o Ministro da Defesa iraniano, General Amir Hatami foi bem critico ao dizer que; “Não iremos tolerar nenhum problema com os nossos navios tanques, acaso os EUA ameaçar, iremos responder com força inabalável e esmagadora do Irã.”

EUA enviaram mais quatro navios de guerra para a costa da Venezuela.

Leia mais…

O governo dos Aiatolas do Irã afirmam que o possível impedimento dos navios tanque iranianos chegarem ao país de Maduro vai contra as regras internacionais comerciais.

Enquanto os Estados Unidos dizem que as sanções impostas a ambos países não permitem tal ato.

Navios iranianos Faxon à caminho da venezuela
Foto do Navio iraniano Faxon à caminho da Venezuela.
Imagem: Agência iraniana estatal de notícias

O General Hatami ainda complementou sobre as possíveis ameaças; “Eu penso que as organizações internacionais e outros países devem ser mais cautelosos em questão a segurança do comercio em águas internacionais, a atitude dos EUA devem ser considerado como “pirataria”.

EUA reforça sua força militar naval na costa da Venezuela navios iranianos
eua x venezuela ultimas noticias
EUA envia mais navios de guerra para a costa da Venezuela de Maduro.
Imagem: USNAVY

“A politica do Irã contra qualquer ameaça está bem clara, jamais iremos tolerar qualquer ofensiva contra nossos navios tanques.” Acrescentou o General Hatami nesta quarta(20).

Os recados são estrondosos e ameaçadores contra os EUA, que no momento amplifica a vigilância naval no mar do Caribe com diversos navios de guerras, helicópteros e aviões de monitoramento.

Continua após publicidade

O Governo venezuelano, de Nícolas Maduro, disse em rádio que os EUA estão sufocando o povo venezuelano com suas forças armadas no meio de uma pandemia.

Maduro, mandou sua força militar instalar artilharia anti aérea na costa venezuelana para prevenir de um possível ataque.

Os navios tanques iranianos

O Irã mandou à caminho do país comandado por Maduro cinco navios tanques carregados de petróleo cru. Segundo os Estados Unidos, o petróleo foi pago com barras de ouro pelo governo venezuelano.

Ambos países estão sob ifortes sanções comerciais impostas pelo governo de Trump. Maduro é acusado por narcotráfico, motivo ao qual os Estados Unidos, intensificaram sua força naval próximo a costa da venezuelana.

Enquanto os iranianos continuam com seus projetos nucleares de enriquecimento de uranio, e ainda, lançamento de satélites militares.

Fontes ligada aos EUA disseram que não irão tolerar

A agência Reuters havia publicado a seguinte informação semana passada; O governo dos Estados Unidos não irão tolerar o comercio entre os países sob sanções economicas. Segundo Reuters, a informação foi passada por um oficial da US NAVY de forma anonima.


EUA x Venezuela: Força militar sufoca o país de Maduro.

Pentágono libera vídeos de caças F-14 abatendo 2 MiG-23 da Líbia.

Venezuela de Maduro anuncia mobilização da artilharia para combater força dos EUA


Após está noticia ser publicada pela imprensa mundial, os Estados Unidos enviou mais 4 destroyers para o mar do Caribe, região da 4th US Fleet.

Os 4 destroyers vão somar a já presente força militar na região. Para reforçar a vigilância, os EUA enviaram aeronaves de vigilância, Boeing P-8 Poseidon.

Enquanto a duvida paira no ar, como os EUA vão lidar com os navios iranianos? O Ministro iraniano Mohammad Javad Zarif enviou uma carta à ONU dirigida para o secretário geral da instituição, Antonio Guterres, onde reitera a ameaça das força naval norte americana no Caribe. Na carta enviada o ministro ainda reforça; ” Os Estados Unidos vão responder casos nossos navios tanques sofrer algum tipo de problema.”

Para complementar, o governo iraniano ainda chamou o embaixador suíço para mediar as questões entre Estados Unidos de Trump com os Aiatolás iranianos.

Atualização: (21/05/20 7:10) (PRENZA LATINA)

Vladimir Padrino Venezuela
O ministro da defesa venezuelano Vladimir Padrino. Imagem: Quintero-REUTERS

O ministro da defesa venezuelano Vladimir Padrino anunciou ontem pela noite que vão escoltar a frota de navios iranianos à caminho da Venezuela quando estes estiverem em águas territoriais da Venezuela.

Objetivo é garantir a segurança dos 5 petroleiros iraniano carregados de gasolina com destino ao país de Maduro.

Atualização (22/05/2020 – 6:28) -Posição atualizada dos cincos navios petroleiros à caminho da Venezuela e area da presença da 4th US Fleet dos EUA.

Navios iranianos Faxon

Fontes: ISNA e Far News

Continua após publicidade.
Compartilhe

Inscreva-se para ganhar até 65% de descontos em produtos da Amazon