Navios de guerras do EUa próximo a Venezuela

EUA x Venezuela: Força militar sufoca o país de Maduro.

A Marinha dos Estados Unidos aumenta sua presença militar no mar do Caribe. Navios de Combates, aeronaves de vigilância e helicópteros estão sendo usados para cercar a Venezuela.

O presidente Donald Trump anunciou que ia aumentar a presença militar próximo a costa da Venezuela. Em pronunciamento oficial ele disse que a ofensiva foi proposta para combater o narcotráfico de Maduro.

Desde o inicio da presença militar no mar do Caribe, a tensão entre a Venezuela e Estados Unidos tem aumentado.

Em contrapartida, Maduro disse que ia aumentar a a presença militar na costa da Venezuela, instalando artilharia anti aérea e naval no território do país de Maduro.


O governo da China adotará as medidas mais estritas para controlar a segunda onda do Coronavírus

Nações Unidas propõe criação de uma única moeda universal


Por várias décadas nunca se viu uma força militar norte americana tão grande como agora no mar do Caribe. Última vez que os Estados Unidos realizou um grande movimento militar na região foi durante o Período de conflito com o Panamá, quando os EUA derrubou o ditador militar, General Manuel Noriega, em 1989.Publicidade

O secretário de defesa, Mark Esper, disse que o objetivo principal é sufocar o narcotráfico controlado por Maduro, com a presença militar o país seria sufocado economicamente, assim como os aliados da Venezuela.

Muito pouco ainda está sendo divulgado pelo governo dos Estados Unidos de Donald Trump, porém, fontes, dizem que a real intenção é enfraquecer a ditadura de Maduro e assim derrubar o seu governo.

O povo venezuelano continua sofrendo tenebrosamente devido ao crime organizo por Maduro. O tráfico de drogas na região cresceu de forma assustadora entre outras atividades ilícitas. O dever das forças militares norte americanas é prevenir que os produtos legais cheguem em nosso país.

Mark Esper, secretário de defesa dos Estados Unidos

O General Milley complementou, durante a coletiva, que os Estados Unidos está em guerra contra o novo Coronavírus, assim como o mundo e que o governo de Maduro tem se aproveitado da atual crise global, aumento o fluxo de drogas ilegais.

Uma semana antes do aumentos da presença militar dos EUA no mar do Caribe, o General William Barr junto ao governo americano, ofereceu US$15 milhões em premio para quem denunciasse Maduro. Alguns oficiais venezuelanos desertaram após a agressiva de Washington.

A Força militar dos Estados Unidos

A presença militar do governo de Donald Trump contra a Venezuela não é pequena, o General Esper anunciou que a mobilização militar conta com diversos tipos de armas, incluindo, navios Destroyers, Navios de combates, helicópteros, Aeronaves de patrulha P-8, aeronaves de vigilância E-3 AWACS e E-8 JSTARS.

A operação militar ainda inclui, Brigada da segurança nacional, e navios da guarda costeira americana. Lembrando que a Guarda Costeira dos Estados Unidos é muito mais poderosa do que diversas forças militares de alguns países.

O general ainda complementou que são milhares de marinheiros, soldados, pilotos e militares da força especial conhecido como Marines.

OS Marines tem alta capacidade de invadir qualquer tipo de território, treinados exclusivamente para invasão e de pronto combate.Publicidade

Especialistas da area militar dos Estados Unidos, dizem que ficou claro e evidente que a real intenção de Donald Trump é derrubar o governo de Maduro na Venezuela. O país de Maduro está praticamente fechado ao mundo diante ao novo Coronavírus, o que seria o momento ideal para os EUA invadir a Venezuela.

A primeira grande ofensiva contra o ditador Nicolas Maduro foi em 2017, quando Donald Trump aplicou diversos embargos na Venezuela. Em 2020, nunca se viu uma ação militar tão grande como esta que esta sendo montada nos dias atuais. Em diversos discursos dos Generais da força militar dos EUA, eles já não escondem que esta é a real intenção, acabar logo de uma vez com o atual governo Venezuelano.

Compartilhe

Inscreva-se para ganhar até 65% de descontos em produtos da Amazon