site ministerio da saude covid-19 brasil coreia do norte

Site do ministério da saúde da covid-19 volta com dados mais “despojados”

Site voltou ao ar depois de ficar quase 24 horas com a mensagem de “site em manutenção.

(Redação, OMA) – No antigo site, a exemplo de outros países, haviam publicações completas sobre a evolução do covid-19 no Brasil.

Diversas informações desapareceram sem justificativa do governo federal para tal. Dados foram enxugadas ao extremo. O Site só traz, até agora (18:45), dados de novos casos (com destaque em recuperados) e óbitos das últimas 24 horas.

Diante aos dados mais enxutos outras informações simplesmente desapareceram. Como por exemplo, dados de internação, sumiram.

o Brasil registrou três dias seguidos de números acima de 1.000 mortes diárias. Entre vidas perdidas o governo federal de Jair Bolsonaro pede ao ministro da saúde, Eduardo Pazuello, para divulgar os dados apenas as 22 horas. Diante a pandemia, somente país como Hungria, Coreia do Norte e Honduras tomaram medidas parecidas como a do governo brasileiro.

Continua após publicidade

Brasil está no mesmo nível da Coreia do Norte

Segundo a universidade, Johns Hopkins University, primeira universidade de pesquisa da América, que, lidera descobertas e compartilha conhecimentos e dados desde 1876, retirou o Brasil da contagem em seu site.

Apenas a Coreia do Norte não estava na contagem da instituição por não possuírem dados confiáveis ou suficiente.

Print confirmando a ausência do Brasil na contagem mundial de casos do covid-19

A falta de transparencia e falta de informações poderá causar extensa repercursão negativa mundial apondando o Brasil como um país que não divulga seus dados de forma correta, segundo especialistas.

Além de confundir a população a atitude do governo de Jair Bolsonaro poderá trazer desconfiança mundial em relação ao Brasil. Prejudicando não só o combate ao Coronavírus mas em outros setores, como, comércio e exportação.

Compartilhe

Inscreva-se para ganhar até 65% de descontos em produtos da Amazon