Shulan China quarentena novamente segunda onda

Segunda onda de contaminação na China: cidade de Shulan em quarentena novamente

A cidade de Shulan, no nordeste da China, na província de Jilin, anunciou que vai reimpor o “lockdown” em todas as comunidades e vilas após a descoberta de um grupo contaminados pelo Coronavírus.

Em uma entrevista coletiva na segunda-feira, o prefeito Jin Hua disse que a cidade está em uma batalha “em tempo de guerra” contra o coronavírus e o governo local adotará as medidas mais estritas para controlar a propagação.


Militares trocam tiros na fronteira entre as duas Coreias

Casa Branca vira foco da Covid-19 e preocupa funcionários

EUA afirmam que há provas que vírus veio de laboratório de Wuhan.


Um novo caso de coronavírus foi confirmado na cidade em 7 de maio e agora existem 13 infecções registradas na cidade.

Um total de 290 pessoas, que estavam em contato próximo com os pacientes, foram localizadas e estão sob observação médica agora. 

As autoridades já ordenaram que todos os locais públicos, incluindo instalações esportivas, áreas cênicas, cinemas e bibliotecas, sejam temporariamente fechados. 

Todos os residentes devem ficar em casa, exceto em circunstâncias incomuns. Os alunos do último ano do ensino médio ou do ensino médio retornarão às aulas on-line.


Wuhan, China relata mais casos de Coronavírus

Wuhan relata primeiro foco de coronavírus desde fim do isolamento

Cidade é epicentro do surto de Coronavírus na China Wuhan, o epicentro do surto do novo coronavírus na China, relatou nesta segunda-feira (11) seu primeiro foco de infecções desde que o isolamento da cidade foi ...
Ler Mais

As autoridades provinciais também ajustaram o nível de risco de coronavírus em Shulan para alto no domingo, tornando-a a única cidade na China com essa designação.

Segunda onda de contaminação

As autoridades locais chinesas disseram que conduzirão uma investigação completa de todos os residentes de Shulan e realizarão rastreamento de contato daqueles que estiveram em contato próximo com os pacientes recém-diagnosticados com o coronavírus.

Além de um bloqueio comunitário reimposto, a companhia ferroviária local interrompeu quase uma dúzia de serviços ferroviários, dentro e fora da cidade, de domingo até o final de maio para evitar a contaminação.

Todo o transporte público, incluindo ônibus, também suspendeu o serviço a partir do domingo. Nenhum táxi também pode sair da cidade. Tudo está bloqueado para conter a contaminação na cidade chinesa de Shulan

O governo da China prometeu satisfazer as necessidades diárias de todos os residentes ao implementar as novas restrições. O lockdown por enquanto é a unica solução para conter a contaminação e a segunda onda do coronavírus.

A cidade de Shulan tem aproximadamente 700.000 habitantes e fica a 71Km de outra cidade maior, Jilin, com 4,4 milhões de habitantes.

Outra grande cidade que fica apenas a 142Km de distancia de Shilin é ChangChun, essa cidade da China conta com 7,6 milhões de habitantes.

Fonte: CGTN.com

Continua após publicidade.
Compartilhe

Inscreva-se para ganhar até 65% de descontos em produtos da Amazon