Trump suspende entrada de brasileiros nos EUA por causa do aumento do numero de mortes

Trump proíbe entrada de pessoas que estiveram no Brasil devido a pandemia

Medida vale para cidadãos estrangeiros que estiveram no Brasil nos últimos 14 dias.

“A ação ajudará a garantir que os estrangeiros que estão no Brasil não se tornem uma fonte de infecções adicionais em nosso país” Donald Trump

(Washington – US.Gov) Em resposta a desafios mundiais significativos relacionados à pandemia do COVID-19, o Departamento de Estado suspendeu temporariamente os serviços de visto de rotina em todas as embaixadas e consulados dos EUA no dia 20 de março.

A Amazônia está em chamas chama a atenção da imprensa internacional

Um governo deteriorado

Covid-19: governo proíbe entrada de estrangeiros no país por 30 dias

Desde esta data, as embaixadas e consulados cancelaram todas as consultas rotineiras de visto de imigrante e não imigrante mas continuam a fornecer serviços de visto de emergência e de missão crítica, pois os recursos e as condições locais permitem


Russian Air Force MiG 31 inflight Pichugin Trump proíbe entrada de pessoas que estiveram no Brasil devido a pandemia

Caças russos interceptaram bombardeiros B-52 da US Air Force

Segundo o ministério da defesa russo a interceptação aconteceu em area neutra. Não houve invasão de espaço aéreo (Redação, OMA) - No dia de hoje (19) o distrito militar do leste da Rússia reportou em nota que sua força aérea interceptou 2 bombardeiros B-52 dos ...
Ler Mais

Porém, hoje, as coisas mudaram para o lado dos brasileiros que estão ou estiveram em território brasileiro, segundo o governo dos EUA, no início da semana, o maior país sul-americano ficou em segundo lugar na lista dos países mais afetados por coronavírus, com mais de 347.000 casos, deixando apenas os Estados Unidos à frente com o número de pessoas infectadas acima de 1,6 milhão, como mostra os dados da Universidade Johns Hopkins.

Estados Unidos destaca a situação brasileira diante à COVID-19 em comunicado oficial

Diante o aumento de mortes, o presidente dos EUA, Donald Trump, decidiu suspender a entrada nos EUA para estrangeiros que estiveram no Brasil nos últimos 14 dias, de acordo com o comunicado de imprensa da Casa Branca.

Aumento da pandemia no brasil Trump proibe entrada de brasileiros
Apesar da minimização da crise por Jair Bolsonaro (ele se referiu à Covid-19 como uma “gripezinha” e culpou tanto a mídia como os governadores por criarem “histeria”), profissionais de saúde pública estão certos da eficácia e da necessidade do isolamento social. Imagem: Ricardo Moraes, REUTERS

Citando o número de casos de coronavírus no Brasil, o comunicado afirma que a ação “ajudará a garantir que os estrangeiros que estão no Brasil não se tornem uma fonte de infecções adicionais em nosso país”.

Segue o comunidado soltado pela casa branca neste domingo (24);

“Hoje, o presidente tomou uma ação decisiva para proteger nosso país, suspendendo a entrada de estrangeiros que estiveram no Brasil durante o período de 14 dias antes de buscar a entrada nos Estados Unidos.

Em 23 de maio de 2020, nosso país tinha 310.087 casos confirmados de COVID-19, que é o terceiro maior número de casos confirmados no mundo.

A ação de hoje ajudará a garantir que os estrangeiros que estiveram no Brasil não se tornem uma fonte de infecções adicionais em nosso país “

Apesar de o comunicado ser bem claro ainda não se sabe quais as medidas tomadas em relação ao comercio entre as duas nações.

No site da embaixada dos Estados Unidos fica reforçado a informação sobre a situação do nosso país em relação a COVID-19; “Vários governos estaduais e locais em todo o país emitiram decretos que restringem o movimento de pessoas para combater a propagação do COVID-19. Os cidadãos dos EUA devem sempre aderir às leis e regulamentações locais, incluindo ordens de restrição relacionadas ao COVID-19.”

Compartilhe

Inscreva-se para ganhar até 65% de descontos em produtos da Amazon