Foz do iguaçu e usina de Itaipu

Com o fim do visto para americanos, Foz do Iguaçu espera dobrar visitas.

Publicidade


Como segundo destino brasileiro na preferência dos turistas estrangeiros, Foz do Iguaçu espera incrementar significativamente o número de visitantes com o fim do visto de entrada no Brasil para turistas dos Estados Unidos, Canadá, Austrália e Japão. Medida unilateral, sem previsão de reciprocidade, como era a prática existente até aqui, e deverá ser assinada na próxima semana pelo Presidente da República, Jair Bolsonaro, durante sua viagem aos EUA. 

No ano passado, 34.547 americanos visitaram o Parque Nacional do Iguaçu para conhecer as Cataratas, o que representa um crescimento de 47% em relação ao ano anterior, quando 23.342 estiveram no atrativo.

Em janeiro e fevereiro deste ano, o aumento foi ainda mais expressivo, de 74,8%: 9.547 americanos estiveram no Parque, enquanto que nos dois primeiros meses do ano passado, 5.460 visitantes passaram pela unidade de conservação. 

Publicidade

“Medida vem na hora certa e vai aquecer o setor. Se já estávamos crescendo bastante com a exigência do visto eletrônico, imagine agora, com a dispensa do visto de entrada. Podemos chegar a 70 mil turistas americanos até o final deste ano e a 100 mil no próximo”, afirma o secretário. 

O maior desafio, segundo ele, é garantir conectividade aérea para atender fluxo crescente de turistas dos EUA para Foz do Iguaçu.  

Com a medida, os viajantes não precisarão mais se deslocar ao consulado brasileiro para conseguir o documento, além do custo ter ficado bem menor: de US$ 160 para US$ 40. Mas não são só os americanos que ganham com isso. Segundo a Organização Mundial do Turismo (OMT) essa facilitação vai incrementar em até 25% o fluxo entre os destinos beneficiados, estes visitantes americanos devem gastar cerca de US$ 117,6 milhões a mais na economia brasileira.

Publicidade

Foz do Iguaçu receberá parte desses 25% a mais de turistas. Segundo informações do Ministério do Turismo, a Terra das Cataratas foi, em 2017, o terceiro destino preferido para turismo dos americanos. Em primeiro lugar está o Rio de Janeiro (71%), seguido de São Paulo (19,3% e Foz (15,8%).

O processamento do visto eletrônico não é de urgência e dura até cinco dias úteis, portanto o turista deve solicitar previamente. O visto é válido apenas para viagens de lazer e negócios.

Publicidade

A cidade de Foz do Iguaçu

Através do Aeroporto Internacional de Foz do Iguaçu (IGU), também conhecido como Aeroporto Internacional das Cataratas, localizado a 13 km do centro da cidade de Foz do Iguaçu.

A cidade de Foz do Iguaçu é um dos principais destinos turísticos do Brasil e, ano após ano, vem se consolidando como uma opção turística que consegue se adaptar às realidades do turismo mundial.

Surgiram novas atrações turísticas e passeios, enquanto os pontos turísticos tradicionais e “obrigatórios” tem se modernizado para entregar experiências ainda mais completas.

O setor de hospedagem tem se adaptado com novas opções de hotéis e pousadas na cidade, ao mesmo tempo, novos empreendimentos gastronômicos surgem a cada semestre.

Um dos mais belos espetáculos da natureza na Terra é, com muito orgulho, parte do Brasil. Todo o crédito pertence ao rio Iguaçu, que permeia a fronteira entre Brasil e Argentina e presenteia ambos os países com as Cataratas – um cenário natural perfeito, com as mais lindas quedas d’água do planeta. Foz do Iguaçu, no Paraná, é a cidade que tem a honra de guardar, do lado brasileiro, esse palco de filmes.

Publicidade

Comentários
Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial